»
Ele liga pra ela, mas cai na caixa postal. Ele resolve deixar uma mensagem pra ela.
Desculpe estar ligando essa hora, mas bom você sabe como fico quando bebo um pouco a mais. Vou entender se você não quiser ouvir isso até o final, mas eu preciso falar. Ontem chegou seu convite de casamento e eu realmente sofri ao abri-lo. Eu sei que fiz tudo de errado. Eu te trai, te magoei e te machuquei da pior forma possível, porém ontem ao ver seu nome no convite com daquele rapaz eu chorei. Eu admito. Eu chorei e chorei muito. Chorei de raiva de mim mesmo. Chorei por ter te perdido e por ter sido burro o suficiente pra te perder. Você marcou pra Janeiro e já está tão perto. Eu achei que demoraria mais, você sempre me disse que queria casar na primavera. Você lembra? Estávamos deitados na minha cama, você estava com seu pé gelado e o colocou entre meus pés para que ficasse quente. Você usava minha camisa favorita, que por sinal não uso mais, e me dizia que quando casássemos ia ter que ser na primavera e no meio da praia. Você ficou brava porque eu fiquei rindo e fez bico, chegou até se levantar, mas eu te puxei e você deitou de novo comigo e me fez aceitar que sim, iríamos casar na praia, na primavera. Depois desse dia, você me fez assistir todos aqueles programas de casamento que tinha em um canal pago. Eu normalmente dormia e você me dava cotovelada pra que acordasse, no final do dia sempre estava com três ou quatro hematomas. – ele dá um gole na garrafa de vodka que estava em sua mão e volta a falar- Eu sei que minha reação ta sendo exagerada e tardia, eu devia ter falado tudo que sinto quando você foi embora. Faz mais de um ano que você se foi e eu fiquei na mesma. Sim, sai e transei com meio mundo, mas não encontrei uma como você. Uma que me fizesse ficar no paraíso com um simples beijo, com um toque. Você, felizmente, é diferente de todas que já estive. Você me amou e me fez sentir como um homem enquanto eu agia como um moleque. Você cuidou de mim e me protegeu mesmo com todos mandando você se afastar de mim, que eu ia te magoar. – ele da uma risada nervosa- e eu acabei machucando. Acabei ferindo a única que se importava comigo. Eu sei que fui um babaca, mas você disse que me amaria pra sempre. Você se enganou, minha princesa? Ou ainda me ama? Eu te amo e vou te amar sempre. Não sou capaz de dar meu coração pra outra pessoa do jeito que dei pra você. Você nem deve ouvir essa mensagem, eu realmente não sei o porquê que estou fazendo isso é que não quero perder você. Eu não quero amar se não for você, não quero ouvir os sinos da igreja batendo porque ai eu vou ter certeza que eu perdi você. Eu vou lutar minha princesa. Saiba disso. Vou lutar para que não aceite ele. Eu to sendo honesto. Nenhum outro corpo vai se encaixar tão perfeitamente ao meu quanto o seu se encaixa, nenhum outro cheiro vai ser tão tentador pra mim quanto o seu, nenhum sorriso vai me hipnotizar tanto quanto esse seu meio de lado e, principalmente, nenhuma garota vai ter meu amor como você tem. Eu te amo. Sim, admito amo. Amo cada parte sua. Amo as partes que você odeia em si mesma. Eu amo essas rugas que surgem embaixo do seu olho quando você ri, amo sua risada de criança de quatro anos, amo a covinha que você em suas costas, eu amo o buraquinho do seu queixo, amo suas curvas que são tão perfeitas pra mim, amo seu sorriso meio de lado que você dá quando esta com vergonha, eu amo também as rugas que surgem em sua testa quando você não acredita no que a pessoa fala e amo, principalmente, a sua boca com forma de coração que tem uma pinta bem no lábio inferior que eu acho tão perfeito em você. – ele dá a última golada e sorri sozinho – saiba que eu amo você, ok anjinha? Saiba que, sim, eu irei ao seu casamento, mas vou lá pra pegar o que é meu de volta. Vou lá pra te fazer minha novamente. Eu não vou deixar os sinos do casamento bateram, não vou deixar você falar “eu aceito” pra alguém que não seja eu. Eu te amo princesa. Perdoe-me por só perceber isso agora, por não ter te dado valor… por não ter sido o homem que você merecia. Mas, eu vou ser de agora em diante e você vai ver isso.
Ele desliga o telefone e o coloca na base sem imaginar, que do outro lado da linha, a menina sorria por ouvir tudo que ele havia acabado de lhe falar.

Mayara Jardim  (via requiz)
Princesa agora é do tipo "Fiona"
        O início...









                                                                                                 ...do fim.